Massagem Tântrica na Vila Mariana

Há milênios que as atividades corporais terapêuticas, estão incorporadas ao nosso dia a dia, muitas sofreram mudanças para promoverem melhores resultados ao nosso corpo, mas a essência de suas técnicas, continuam as mesmas. Hoje em dia muitas técnicas de atividades terapêuticas corporais, as famosas massagens, estão disponíveis em todas as partes do mundo, contando com uma estrutura favorável à sua prática, sempre promovendo a melhora da saúde, da qualidade de vida e do bem-estar de seus praticantes. Algumas técnicas são mais específicas, e atendem a necessidades especiais de seus praticantes, como é o caso da massagem tântrica, que tem origem na filosofia do tantra na Índia, tem como objetivo final o autoconhecimento, e assim, o prazer e o bem-estar. A massagem tântrica é baseada na premissa de que existe uma ligação direta entre saúde mental e disfunção sexual e de que a cura está no corpo, não só para problemas ligados à sexualidade, mas também para questões como depressão, vergonha e insegurança. Cada questão, como a falta de libido, de orgasmo, vergonha, entre outras, sugerem uma abordagem específica, e assim a técnica vai auxiliar nestas questões psicológicas. Basicamente, a massagem tântrica visa trazer coerência entre sexualidade, emoções, pensamentos e espiritualidade, ela utiliza a energia sexual para a pessoa se conhecer mais profundamente, pois quanto mais profundo o autoconhecimento, maior será a conexão emocional, mental e espiritual com ela mesma é possível, e isso amplia a autoestima e o prazer sexual. É possível fazer a sessão sozinho, aos pares (normalmente, os dois são atendidos separadamente primeiro, antes de o casal ser atendido junto) ou em grupos, que funcionam como uma espécie de terapia em conjunto. Hoje em dia muitas clínicas de massagem espalhadas por todas as regiões do Brasil, contam com excelentes profissionais que são especialistas nesta técnica tão inusitada. A massagem tântrica é uma técnica muito especial e milenar, uma vez que foi originaria em 2.500 antes de Cristo, na cultura Drávida, ela trata de princípios da filosofia corporal e sensorial, baseada inicialmente na meditação, práticas e vivencias do yoga e também conexões com o próprio corpo, tal como do parceiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *